28.1.09

COMO SOBREVIVER À RECESSÃO COM ESTILO - PARTE 1

Agora que estamos oficialmente numa recessão há que ser criativas e pensar em formas de continuar a comprar os sapatos sem os quais não conseguimos viver e a vestirmo-nos como gostamos sem dar um rombo na conta bancária.

SALDOS
Os saldos são a forma mais óbvia de comprar roupa e acessórios a preços mais baixos. Em Londres este vai ser o último fim de semana de saldos de Inverno e as lojas vão ter descontos até 80, por isso se estiverem por cá aproveitem!

Nos saldos é preferível investir em básicos e clássicos que não vão estar desactualizados no Inverno que vem. Calças pretas, casacos de Inverno com corte clássico, camisolas e cardigans, jeans, botas... e por aí fora. Cuidado com estampados e formas e materiais que sejam marcadamente desta estação. O ideal e comprar peças que se possam usar logo - em Londres isso não é um problema porque continua a fazer um frio de rachar!

No outro dia perguntaram-me se tinha algum conselho a dar já que estou em Londres há tanto tempo. Em vez de falar do tempo, atrações turísticas ou restaurantes respondi:
'Os saldos de Inverno são a melhor altura para comprar biquinis no Harvey Nichols. Biquinis da Missoni, Pucci, etc que normalmente são intocáveis ficam a metade do preço. Isso nunca acontece nos saldos do Verao.'
Claro que os meus amigos ficaram a olhar para mim. Não era bem a resposta de que estavam a espera, mas neste caso e pertinente.

SAMPLE SALES
A maioria das grandes marcas fazem vendas internas (sample sales) para os empregados e ‘friends and family’. Normalmente é preciso ser-se convidado por isso há que fazer amigos que trabalham em moda - já agora alguém trabalha para a Christian Louboutin, Chanel ou Lanvin??? Algumas sample sales são menos exclusivas e aparecem anunciadas em sites como fashionconfidential.co.uk, billiondollarbabes.co.uk, etc.

As sample sales são um paraíso: Jimmy Choos a £80, botas da Yves Saint Laurent a £100, vestidos da Missoni, Stella McCartney e Diane Von Fustenberg entre £50 e £100, gabardines da Burberry a £150 e lingerie da Elle McPherson quase de graça.

Um conselho: não perder a cabeca e comprar coisas no tamanho errado só porque são uma pechincha. A verdade é que não vamos emagrecer, os nossos pés não vão ficar maiores e algodão não funciona, e vai doer horrores até que os sapatos que realmente são pequenos demais fiquem confortáveis. E aquele vestido transaparente que é fantástico numa modelo de 1.80m num desfile vai dar a ideia errada se eu o usar para um casamento neste Verão.

QUEM TEM PARA A TROCA
Uma ideia mais original para acrescentar peças novas ao guarda roupa é organizar uma festa em que toda a gente tem de trazer coisas que ainda estejam boas, mas pelas quais já não se esteja apaixonado para trocar. Pode servir-se comida, chá e bolos, vinho e ficar à conversa. É importante que as pessoas tenham mais ou menos o mesmo gosto senão as trocas nao funcionam!

EBAY
E por último há sempre o ebay. Nao só se descobrem coisas de que se gosta a uma fracção do preço (só é preciso ter cuidado com os produtos falsos) como também nos podemos desfazer de peças antigas. Ou que compramos em sample sales porque não seguimos os conselhos que damos aos outros. O que me lembra que tenho dois pares de sapatos lindos de morrer mas pequenos de mais para mim que preciso de vender.

No comments: