18.2.10

STAR CRUSH: SLIM KEITH & BABE PALEY

Imaginem Nova Iorque nos anos 40 e 50 - e as socialites ultra glamorosas que povoavam a cidade. Entre elas, Babe Paley, Slim Keith, Gloria Guinness, Marella Agnelli e C.Z. Guest tinham lugar de destaque.

Truman Capote chamava-lhes os seus cisnes e de todas, Babe era a sua preferida. Para ele só tinha um defeito: "she was perfect. Otherwise, she was perfect". A Slim, que era muito mais alta que ele, chamava "Big Mama". Anos mais tarde ambas deixaram de falar a Capote, depois de ele as ter retratado e aos seus amigos no escandaloso conto "La Cote Basque" do livro Answered Prayers. Se quiserem ler, Slim é Lady Ina Coolbirth e até Jacquie Kennedy faz uma aparição na história.

Babe Paley e Slim Keith contribuíram para a Vogue e Harpers Bazaar e com o seu estilo único, eram presença constante nas listas de melhores vestidas. Babe era grande compradora de couture e o segundo marido, William Paley, o fundador do canal de televisão CBS, gostava que ela andasses coberta de jóias, especialmente de Verdura. É dela a conhecida frase: "you can never be too rich or too thin."

Slim foi descoberta pelo actor William Powell quando tinha 17 anos e mergulhava numa piscina no deserto califoniano. Ele abriu-lhe as portas de Hollywood e ela nunca parou. Tornou-se muito amiga de Ernest Hemingway, de Lauren Bacall e muitos outros. Clarke Gable, seu admirador, mandou-lhe um postal que deixou o seu futuro marido, Leyland Haward, ciumento: ''You were wonderful,'' disse Clarke Gable. A fazer o quê?. "I was just wonderful being wonderful''

E era mesmo. Acabei de ler a sua autobiografia: Slim: Memories of a Rich and Imperfect Life. Achei fascinante e gostei desta tirada dela: "God blessed me with a happy spirit and many other gifts. What I was not blessed with I went out and got. Sometimes the price was too high, but I've never been much of a bargain hunter."

Ainda hoje os designers continuam a inspirar-se no estilo destas mulheres. E eu, adorava ter podido passar uma tarde com elas, a beber champagne num restaurante em Nova Iorque, por volta de 1948.






fotos: Slim Keith (duas primeiras) e Babe Paley

6 comments:

Culture Lords said...

Another cool post - thanks Alice!
Wish i could read portuguese - the pictures are stunning. I love the full length dress and pearls - so elegant
xx

Ana Carolina said...

E teria sido uma tarde tao bem passada...

Carmo said...

Samsung Diva giveaway no meu blog! :)

misscarmoavantchanel.blogspot.com

JOM said...

Espero que tenha corrido tudo bem pela LFW, o desfile foi maravilhoso... again!!!!

Volta rápido, já estamos com saudades de posts!

Bjs
JOM

ALICE said...

2a. Prometo. :)

cleyenne said...

Tenho um livro que se chama, The power of Style, onde relata a vida de todas as Swans e outros mulhers de vida ´mitologica´como Jackye Onassis e Diana Vreland. Tbm fiquei fascinada pela maneira como viviam!

Otimo post! x